Compartilhar/Share

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Porfolio: Ilustrações vetoriais diversas

Algumas ilustrações vetoriais produzidas no Inkscape.









Charge do dia: Mansidão


Wilma pedindo pra Hugo "Manso" maneirar nas críticas ao candidato ao senado, Garibaldi. A base (leia-se Henrique Alves) ameaça retirar o voto em Wilma. Bem-aventurados os mansos, diz a Bíblia.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Charge do dia: Carona


É... até Dona Rosalba tá pegando um caroninha, sim. Duvida? Olha só: primeiro ela não expõe o Serra no site dela; só fala nele quando é obrigada; e junto com Jajá parou de descer a lenha em Lula, visto seu alto índice de aceitação, principalmente no Nordeste. Até elogiar programas do governo Lula ela tá fazendo.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Charge do dia: Ajuda


Talvez fosse melhor levar pra uma urgência psiquiátrica, não? Sei não... tem cada candidato.

domingo, 8 de agosto de 2010

Revista Maturi #2 - É HOJE!!!!


Hoje, domingo (08/08/2010), às 16h, na livraria Siciliano, do Midway Mall (Natal-RN), acontece o lançamento da edição #2 da revista Maturi - Quadrinhos Potiguares. Referenciados na obra de Câmara Cascudo, os artistas do Grupehq abordam a cultura e as tradições potiguares através da linguagem rica e empolgante dos quadrinhos. A revista custa R$ 5,00.

Paralelamente, no mesmo local, o Grupehq expõe alguns desenhos feitos pelos artistas que colaboraram com a Maturi.

Os desenhos ficam expostos até o dia 10/08/2010 (terça).
Apareçam e divulguem!

Charge do dia: pesquisas, amor e ódio.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Lançamento: Maturi #2




Convocação geral! A Maturi nr. 2 será lançada no próximo dia 8/8/2010 (domingo), às 16h, na livraria Siciliano, no Midway Mall (Natal/RN). Em paralelo ocorre uma exposição de quadrinhos do pessoal que colaborou nesta edição.

Aqui, mais algumas informações:

Os quadrinhos, já há um bom tempo, deixaram de ser vistos como empecilhos na formação de leitores ou como mero lazer descomprometido de qualquer preocupação educacional. Pelo contrário, além dos alunos - que já têm os quadrinhos como repertório de leitura - , os professores e pesquisadores encontraram nos quadrinhos um ótimo recurso para a formação de leitores críticos e perspicazes.
Cientes da importância dos quadrinhos, o Grupehq - Grupo de Pesquisa e Histórias em Quadrinhos, fundado em 1971 e em plena atuação na produção local de quadrinhos, lança o segundo número da revista Maturi, edição patrocinada pela COSERN, através da Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo, da Fundação José Augusto. A revista, com 44 páginas (incluindo 16 em cores), reúne 7 artistas potiguares: Emanoel Amaral, Gilvan Lira, Luiz Elson, José Veríssimo, Robson Nascimento, Wolclenes, Márcio Coelho e Ivan Cabral.

O Grupehq
O Grupehq foi fundado em 1971, a partir de uma reunião de desenhistas que frequentaram a primeira exposição de Histórias em Quadrinhos do RN, promovida pelo quadrinista Emanoel Amaral. Comandados pelo professor Walfredo Brasil, falecido em 21.03.2010 e reconhecido como Patrono do grupo, os artistas conquistaram espaço na mídia impressa durante boa parte da década de 1970. A revista Maturi é o produto mais reconhecido do grupo, mas em seus períodos de descontinuidade outras revistas, de cunho didático, foram lançadas pelo Grupehq: Igapó, O Ataque de Lampião a Mossoró, A História do Rio Grande do Norte, A mulher na história do RN e Jesuíno Brilhante são exemplos do registro da história e cultura potiguar na forma de quadrinhos.

A Maturi
A revista Maturi foi criada por Aucides Sales em 1976. Com um formato reduzido (12cm x 8cm), periodicidade irregular e conteúdo de caráter underground, circulava nos movimentos culturais alternativos e universitários em Natal e em outros estados. A Maturi serviu de abrigo e canal de divulgação para os quadrinistas potiguares. Entre os artistas que publicaram na Maturi destacamos: Aucides Sales, Emanoel Amaral, Edmar Viana, Cláudio Oliveira, Luís Elson, Márcio Coelho, Gilvan Lira, João Antônio, Ivan Cabral, Adrovando Claro, Solino, entre outros. Artistas de outros estados e reconhecidos nacionalmente também se juntaram aos desenhistas locais participando da Maturi. Um dos mais famosos, o cartunista Henfil, colaborou com a revista durante o período em que residiu em Natal. Além dele, Watson Portela, Mozart Couto e Rodval Matias também enobreceram a publicação com seus talentos.
A Maturi deixou de ser publicada na década de 1980 e, após esse recesso, voltou a ser publicada por intermédio da aprovação de projeto de Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo, da FJA em um novo formato e com páginas coloridas.
O projeto do Grupehq prevê que até o fim do ano serão lançados mais quatro edições da revista, perfazendo um total de seis números, todos voltados para o resgate da cultura do Rio Grande do Norte através da riqueza da linguagem dos quadrinhos.

Tributo a Cascudo
A edição presta um tributo à figura de um dos mais importantes nomes da cultura potiguar: Câmara Cascudo. Desta vez, o grupo de artistas retratou em quadrinhos diversos aspectos da cultura potiguar, capitaneados pelo mestre Luís da Câmara Cascudo, referência de grande magnitude da intelectualidade do Rio Grande do Norte e do Brasil. Referenciados no legado das pesquisas cascudianas e abordando temáticas diversas como folclore, religião e literatura, os quadrinista promovem um releitura de algumas de suas obras utilizando-se da linguagem versátil e estimulante dos quadrinhos, gênero que, por sinal, fazia parte do repertório de leitura de Cascudo.

Lançamento

O lançamento da Maturi nº 2 ocorrerá no próximo domingo, dia 8 de agosto de 2010, na Livraria Siciliano do Midway Mall, às 16 hs.
Paralelamente ao lançamento ocorrerá uma exposição de trabalhos dos artistas que colaboraram na edição. Os artistas estarão autografando a revista que será vendida ao preço de R$ 5,00.

Charge do dia: Adesivos